16 de mar de 2006

Atrás da nossa porta

O que existe atrás da porta da nossa vida? Um mar revolto ou tranqüilo? Todos temos altos e baixos. Momentos em que estamos tão bem que nossa alegria é contagiante, mas há ocasiões em que há uma "tempestade interna". Nestas horas nos controlamos para não explodir, não falar além do necessário, não magoar e nos machucarmos também. Conviver com o que nos cerca sem perder a sensatez e harmonia é o grande desafio de nossa existência.


Foto by Fátima Nascimento (Praia de Atafona/São João da Barra-RJ)

7 comentários:

Vera disse...

Não perder a sensatez é o grande desafio...estou na luta, nem pensar em perder a sensatez. Amei seu post. :-) Bjs

Vera disse...

Você bem que poderia fazer do blog-se uma filial e postar os mesmos posts inserindo essas imagens. São muito bons! Vale a pena tentar. :-) Bjs

Juliana Aquino disse...

Bela imagem. Pensamento perfeito.
Beijocas

Scarlet disse...

Olá Fátima, como vai? Que legal receber a sua visita no meu blog, adorei!!!
Pois é, nós, amantes da comunicação, não dispensamos nenhum veículo, hehehe... eu simplesmente amo a minha profissão e tudo o que deriva dela.
Pretendo atingir outros patamares em breve, apesar de estar amando fazer impresso.
Bom, é isso, nos falamos, um bjo carinhoso...
Bom final de semana!!!

Paulo J. Ribeiro disse...

De que serve sabermos o que está atrás da porta?

Poeta do Amor disse...

Por falar em Porta escrevo aqui um poquinho sobre ela, um Poema que já tem dez anos!

A PORTA!

Pôr esta porta entre aberta!
Preciso ter a coragem,
De passar, sem retornar!

À frente, parece escuro!
Mas, tenho que aprender!
Caminhar, mesmo que seja!
Nas sombras, sem me perder!

Depois, que me decidir!
Adentrar, e caminhar!
Alguém virá buscar,
E, as sombras irão sumir!

Então, já de outro lado,
Caminhando, sem parar,
Vou trilhando nova vida!
Esperando, alguém chegar!
E, chegará...
Augusto Rezende.
O Poeta do Amor.
Beijos.

Adorei teu Blog "Solte o Verbo" no "Verbo Solto".

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

E que bom é saber que Jesus é a Porta!

Você escreve o coração.
bjo