8 de fev de 2011

Contos que conto

Abaixo do céu
"Todos os dias ele olhava o céu e franzia a testa como quem força a visão. Em seguida voltava pra dentro de casa. A cena era vista pela manhã, tarde e noite. Havia uma curiosidade entre a vizinhança: o que tanto ele via ou queria ver? Os vizinhos especulavam sobre o assunto (...)".


Quer que eu lhe conte toda a história? 
Veja no VERBO SOLTO EM CONTOS. 
Clique aqui e acompanhe.

Nenhum comentário: