28 de mai de 2006

A vez da emoção


Alcione Araújo (à esquerda) em palestra na Bienal do Livro de Campos

No primeiro dia da 4º Bienal do Livro, em Campos/RJ, participei de duas oficinas (sobre elas falarei outra hora) e de palestra no "Café Literário". Pelo café (opcional) paguei três reais, mas consumi gratuitamente as palavras de Alcione Araújo. O cronista e romancista falou sobre escrever com a emoção em detrimento da razão. "Só vou aparecer como realmente eu sou quando o meu verbo não estiver sob o controle da razão", disse.

Vencedor do Prêmio Jabuti 2005 (categoria crônica) com o livro "Urgente é a vida", Alcione revelou que o título da obra baseia-se no fato das pessoas cada vez dedicarem menos tempo aos seus desejos. "Você corre o risco de fracassar sua vida por não dar importância ao seu desejo. Aposto mais no seu desejo que na razão, pois a razão está viciada pelos seus limites".

A 4º Bienal começou em 27/05 e termina dia 04/06, com entrada franca, na Fundação Rural, em Campos/RJ, das 10h às 22h. Mais informações no site da prefeitura.

Observação:
Embora Alcione Araújo estivesse na programação do evento,
não encontrei nenhum livro do autor à venda nos estandes de expositores.

foto: fatimanascimento

2 comentários:

Flaudecy disse...

Fatinha,
Amei seu Blog. Já sou seu seguidor. Aliás, já o sou lá se vão 17 anos, muito antes dos blogs. Vc é um presente de Deus à humanidade.
Bjs

Fátima Nascimento disse...

Flaudecy, muito obrigada! Vc é extremamente gentil. Bj.